Artigos

Práticas de incentivo ao Futebol Feminino

Sabemos que a realidade do futebol feminino brasileiro ainda não é nada acolhedora e inclusiva. Muitas são as barreiras que as mulheres driblam todos os dias para conseguirem praticar sua paixão e perseverarem no esporte. Além do preconceito, a escassez de incentivos prejudica o desenvolvimento do modo de jogar e, consequentemente, o resultado nos campeonatos e a formação de novas atletas.

O Brasil conta hoje com relativamente pouco estímulo ao futebol de mulheres, em comparação com o futebol masculino, fazendo com que a curiosidade e a atração pela modalidade acabem não sendo desenvolvidas em muitas meninas. Afinal, quem não conhece, não tem como amar. Nosso país necessita, portanto, despertar cada vez mais o interesse pelo esporte em jovens mulheres, a fim de que novas atletas sejam formadas.

Felizmente, já podemos enumerar alguns inspiradores projetos que buscam promover o esporte feminino. Aqui falamos de escolinhas profissionalizantes de meninas, como as do Flamengo, PSG e Corinthians. Conseguimos observar um pequeno, mas significativo, aumento na criação de turmas femininas em clubes renomados e em pequenos clubes periféricos. As redes sociais também são grandes aliadas, e certos perfis, como o @dribradoras e o @futdelasbr, colaboram para a promoção do interesse e da prática do esporte por mulheres.

Dentre as instituições de memória, o Museu do Futebol de São Paulo tem acervos e parte do seu projeto voltado exclusivamente para o impulsionamento do futebol feminino, trazendo visibilidade para a causa por meio de história e informação. Um bom exemplo é o podcast “Audioguia Mulheres no Futebol” e exposições sobre o tema, como “Visibilidade para o futebol feminino de 2015” e “Contra-Ataque: as mulheres do futebol de 2019”.
E é com a parceria do Museu do Futebol que vamos contar no nosso “V Seminário Internacional do LEME – Agora é com elas: 30 anos da Copa do Mundo de Futebol de Mulheres”. Juntos, LEME e Museu, vão contribuir para a disseminação do conhecimento sobre o futebol de mulheres. O evento ocorre nos dias 08 e 09 de novembro. Para acompanhar as atualizações sobre o evento, siga o LEME no Instagram e fique de olho na aba do evento aqui no blog.

E para começarmos a aquecer antes do Seminário, indicamos algumas leituras que irão te deixar por pro dentro do tema. Confira!

  • ALMEIDA, Caroline. “Boas de bola”: um estudo sobre o ser jogadora de futebol no Esporte Clube Radar durante a década de 1980. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), 2013.
  • BONFIM, Aira. Football Feminino entre festas esportivas, circos e campos suburbanos: uma história social do futebol praticado por mulheres da introdução à proibição (1915-1941). Dissertação – FGV, 2019. Dissertação (mestrado) – Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas, Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais.
  • GOELLNER, Silvana Vilodre. Mulheres e futebol no Brasil: entre sombras e visibilidades. Rev. bras. Educ. Fís. Esp., São Paulo, v.19, n.2, p.143-51, abr./jun. 2005
  • SALVINI, Leila. MARCHI JÚNIOR, Wanderley Uma história do futebol feminino nas páginas da Revista Placar entre os anos de 1980-1990. Movimento. Porto Alegre, v. 19, n. 01, p. 95-115, jan/mar de 2013.
  • KESSLER, Claudia. Mulheres na área gênero, diversidade e inserções no futebol. RS: Editora da URFGS.
  • KESSLER, Claudia. COSTA, Leda; PISANI, Mariane. As mulheres no universo do futebol brasileiro. Santa Maria: Editora UFSM, 2020

Eventos

SUBMISSÕES PRORROGADAS: Seminário Internacional “Agora é com elas” recebe trabalhos até o dia 31 de agosto

Atendendo a pedidos de pesquisadores de todo o país, o Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME) recebe, até o dia 31 de agosto, resumos expandidos para o seu Seminário Internacional “Agora é com elas”. O prazo original era 15 de agosto.

“Agora é com elas” acontecerá em referência aos 30 anos da primeira Copa do Mundo de Futebol Feminino. Divididos em dois GTs (GT1: História, memórias e resistências e GT2: Futebol feminino nos rastros da profissionalização), os trabalhos devem ter de 7 a 12 mil caracteres e podem estar escritos em Português ou Espanhol. As apresentações dos textos aprovados irão acontecer via Google Meet, nos dias 8 e 9 de novembro.  O evento contará ainda com apresentação de palestras, ao vivo, pelo canal do LEME no Youtube, em programação ainda a ser definida.

Grupos de trabalho

GT 1: História, memórias e resistências

A participação das mulheres no futebol é fenômeno derivado de um processo que envolve fatores diversos relacionados tanto aos aspectos esportivos quanto a um conjunto de reivindicações e lutas das mulheres pela equidade de direitos. Este GT pretende discutir as dimensões históricas e sociais da trajetória do futebol de mulheres no Brasil e em outros países, contemplando a prática esportiva e a dimensão torcedora.

Coordenação: Leda Costa

GT2: Futebol feminino nos rastros da profissionalização

A participação profissional das mulheres no futebol para além dos gramados tem sido objeto de importantes investigações. Este GT se propõe a discutir os obstáculos e horizontes futuros para as mulheres no exercício de algumas funções como, por exemplo, a arbitragem, a ocupação de cargos em Federações e clubes, no jornalismo esportivo, assim como sua presença na pauta de políticas públicas voltadas ao esporte.

Coordenação: Carol Fontenelle

Regras e prazo para submissão de trabalhos

Recebimento de resumos expandidos em Português ou Espanhol: de 04 de junho até 31 de agosto (prazo já prorrogado).

Atenção especial a este item: o resumo expandido deve ter no mínimo 7.000 e no máximo 12.000 caracteres, com espaços, incluindo resumo e bibliografia e deve estar no template do evento, seguindo todas as suas regras de formatação.

Envio de resumos expandidos

O template pode ser baixado aqui.

Devem ser enviados para o e-mail: seminariocopadomundodemulheres@gmail.com

No campo assunto deve ser colocado o nome do GT para qual o trabalho se destina.

O arquivo final deve ser salvo em .doc ou .docx e deve ter o nome+sobrenome do autor principal.

Ex.: Joaodasilva.docx

Quem pode enviar os resumos expandidos?

Graduandos, graduados, mestrandos, mestres, doutorandos e doutores, que vinculem seus textos aos GTs e às áreas de Ciências Sociais, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Educação Física, Linguística, Letras e Artes. Não é permitido o envio de mais de um trabalho de um mesmo autor para um mesmo GT. No caso de um autor desejar enviar um trabalho para cada GT, ele deve ser autor principal em um e coautor no outro.

Divulgação dos resumos expandidos aprovados: 6 de setembro

Pagamento de inscrições de trabalhos aprovados

A taxa de inscrição deverá ser realizada a título de doação para uma instituição (ainda a ser escolhida). Só haverá pagamento da referida taxa para os autores que tiverem seus trabalhos aprovados. Caso um mesmo resumo expandido seja escrito por mais de uma pessoa, todos os autores devem fazer o pagamento da inscrição, caso queiram receber certificado online. No momento da apresentação, é permitida a escolha de somente um autor para explanação, que será de 15 minutos, seguida de discussão entre os presentes na sala de reunião do Meet.

Estudantes de graduação: R$ 10.

Demais: R$20.

Prazo de pagamento: 6 a 30 de setembro (informações detalhadas serão comunicadas posteriormente).

Eventos

LEME apresenta os Anais do seu IV Seminário

Para homenagear aquele que já foi o maior estádio do mundo, o Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME) realizou o Seminário #Maraca70: mídia, memória e patrimônio, em outubro de 2020. Na ocasião, importantes nomes do jornalismo esportivo e pesquisadores estiveram presentes, ministrando palestras e em discussões em três grupos de trabalho: Esporte, cidade e identidades; Mídia, esporte e representação e Estádios, arena e modos de torcer. Dessa forma, o LEME tem o prazer de divulgar os Anais do seu IV Seminário (clique aqui para acessá-lo). 

Aproveitamos também para informar que todas as palestras realizadas durante o evento estão disponíveis em nosso canal no Youtube.

Artigos · Eventos

LEME promoverá, em dezembro, Seminário internacional sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos

O Seminário “Jogos Olímpicos e Paralímpicos: Cidade, mídias e identidades” será organizado pelo Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME-Uerj), iniciativa do Grupo de Pesquisa em Esporte e Cultura (cadastro no CNPq desde 1998). O Rio de Janeiro sediou em agosto deste ano os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, que gerou impactos ao cotidiano da… Continuar lendo LEME promoverá, em dezembro, Seminário internacional sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Avalie isto: