Artigos

Breve balanço do GP Comunicação e Esporte no Intercom 2018

Acabo de retornar do 41º Congresso Nacional da Intercom, realizado em Joinville. Desde 2011, tenho participado desse que é o principal encontro da área de Comunicação. O GP Comunicação e Esporte, do qual faço parte, é um dos mais importantes espaços na área de Ciências Humanas e Sociais para o debate sobre a interface entre práticas esportivas e mídia.

logo-intercom2018
Fonte: Portal Intercom

Desde que comecei a participar desse grupo, em 2011, pude perceber o crescimento consistente que tem se dado, tanto em número de trabalhos quanto na qualidade dos mesmos. Nesta edição do Congresso da Intercom, o GP recebeu 35 trabalhos, o que o coloca como o 11º grupo com o maior número de submissões. Dentre os grupos antigos, o GP de Esporte foi o que apresentou menor redução no número de artigos submetidos. Ao longo desses oito anos, os temas de pesquisa têm progressivamente se ampliado para além do futebol, o que a meu ver é um ponto bastante positivo. Tive a oportunidade de mediar uma mesa este ano que contava com dois trabalhos sobre o esporte paralímpico, além de outros dois sobre crônicas futebolísticas.

Foram 10 sessões divididas em três dias de evento, abrangendo diversos eixos temáticos dentro do campo esportivo: crônicas, torcedores, redes sociais, transmissões esportivas, esporte paraolímpico, cobertura esportiva, mulheres no esporte, aspectos institucionais do esporte, voluntariado, lazer, jogos olímpicos e memória. A programação completa pode ser conferida aqui e a lista de trabalhos completos nesse outro endereço. Cumpre destacar a presença de alunos de graduação, mestrandos, mestres, doutorandos, doutores e professores, o que torna o GP de Esporte um espaço de debate plural e inclusivo, uma marca do próprio Intercom.

Ano que vem, o Congresso Nacional da Intercom será realizado em Belém (PA). Para aqueles interessados na inter-relação entre esporte e mídia, vale a pena planejar sua ida, seja como ouvinte das discussões no GP, seja como apresentador de trabalho. Até lá!

Anúncios
Artigos

Sobre heróis, vilões e Neymar

Os vilões viraram personagens cada vez mais difíceis de se encontrar nas narrativas sobre as derrotas da seleção em Copas do Mundo.  Esse é um significativo sinal de mudanças que vêm ocorrendo tanto no campo futebolístico quanto no jornalismo esportivo, alterações cujas razões ainda precisam ser avaliadas futuramente e com maior embasamento. Por enquanto, vou… Continuar lendo Sobre heróis, vilões e Neymar

Avalie isto:

Artigos

“O 7 a 1 é para sempre”

Berlim, 27 de março de 2018, Brasil e Alemanha se enfrentam em partida amistosa que serve como preparação para a Copa da Rússia, que começa em pouco menos de 3 meses. Mesmo com a proximidade de competição tão importante, parte considerável das narrativas da imprensa esportiva naquele momento não aponta para o futuro, mas para… Continuar lendo “O 7 a 1 é para sempre”

Avalie isto:

Eventos

Mais uma edição dos Encontros LEME 2018

Na quarta edição dos Encontros LEME 2018, o Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte contou com a participação da Leda Costa para debater o texto “O negro no futebol brasileiro”, escrito por Mario Filho

O encontro contou com a participação de professores da FCS, alunos de graduação e pós-graduação. A próxima reunião ocorrerá no dia 07/05, quando será debatido o texto Futebol e identidade nacional, escrito por Simoni Guedes.

WhatsApp Image 2018-04-09 at 16.58.16

 

Artigos

Machismo, futebol e jornalismo

Após o assédio contra a repórter de TV do Esporte Interativo Bruna Dealtry durante a transmissão do jogo do Vasco, na última quarta, dia 14, me senti no dever de falar sobre a posição da mulher perante o machismo no futebol e no jornalismo. Outro caso recente foi o da jornalista Renata de Medeiros, da… Continuar lendo Machismo, futebol e jornalismo

Avalie isto:

Artigos

Muralha: a arquitetura de um vilão

Poucos jogadores nos últimos tempos apresentaram uma trajetória de queda tão intensa quanto a do goleiro Alex Roberto, mais conhecido como Muralha. Poucos jogadores nos últimos tempos passaram por um processo de depreciação da imagem tão categórico e quase que irremediável. Convocado para a seleção brasileira no final de 2016, Muralha terminou a temporada de… Continuar lendo Muralha: a arquitetura de um vilão

Avalie isto:

Artigos

A trama e os silêncios: Mídia, futebol e compadrio em negociatas

“Sempre leio primeiro a página de esportes, que registra os triunfos das pessoas. A primeira página não me diz nada além dos fracassos do homem”. A frase é de Earl Warren, político e ex-chefe da Justiça dos Estados Unidos. Contudo, nem sempre a seção de esportes trata de triunfos. Nos últimos dias, abriu espaço para,… Continuar lendo A trama e os silêncios: Mídia, futebol e compadrio em negociatas

Avalie isto: