Eventos

Seminário #Maraca70 doa valor das inscrições para ONG na comunidade da Mangueira

Mil, trezentos e sessenta reais – este foi o montante arrecadado para a ONG Associação Meninas e Mulheres do Morro. O valor é fruto da taxa de inscrição dos pesquisadores que enviaram os trabalhos acadêmicos para os três GTs temáticos do Seminário #Maraca70. A instituição escolhida tem parceria de longa data com o CAC – Laboratório de Arte e Cidade, que, por sua vez, é parceiro do LEME – Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte. “Fiquei muito feliz em ajudarmos uma instituição na qual meu melhor amigo até hoje, o professor João Maia, respeitava e tinha muito carinho. É um trabalho sério e importante”, relata Ronaldo Helal, coordenador do LEME, fazendo alusão ao professor João, que faleceu, inesperadamente, em outubro de 2018.

A ONG Associação Meninas e Mulheres do Morro está localizada na Mangueira, Rio de Janeiro. A instituição estimula práticas de teatro, pintura e poesia e ainda promove momentos de discussão sobre questões do cotidiano na comunidade. Com a pandemia do novo coronavírus, a ONG atuou ainda na distribuição de cestas básicas. “A vida me dá motivos infinitos para agradecer e sou grata por cada manhã de sol que traz novas oportunidades, sou grata por cada pessoa iluminada que atravessa nossas vidas e sou ainda mais grata por ter certeza que o professor João Maia, de onde ele estiver, colocou vocês no nosso caminho. Foi uma benção, pois a ajuda que vocês nos deram chegou na hora exata. Não tem palavras que mensurem toda a gratidão e que vocês permaneçam nos ajudando sempre que puderem, pois algumas pessoas chamam de acaso, outras de destino, e nós apenas agradecemos a cada pessoa que nos ajudou na inscrição [dos GTs], sabendo que os recursos iriam para a Associação Meninas e Mulheres do Morro”, afirma Kelly Louzada, coordenadora geral da instituição.

Fonte: Facebook da ONG.
Eventos

Seminário #Maraca70 é sucesso online de público

Mais de duas mil visualizações de vídeos – é esta a marca que o Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME) chegou em menos de 24 horas do término de seu  Seminário #Maraca70, no Youtube. Com uma programação que reuniu acadêmicos consagrados, jornalistas da grande imprensa e pesquisadores de todo o país (nos Grupos de Trabalho), o Seminário #Maraca70 fica na história do LEME como um evento de acolhimento, aprendizagem e escuta, em meio a tantas adversidades.

As manhãs dos dias 5, 6 e 7 de outubro contaram com a apresentação de trabalhos em três GTs distintos, com reuniões via Meet. Nessas discussões acadêmicas, conseguimos reunir pesquisadores de diversos estados do país, com destaque para a forte presença do Nordeste.

Na noite do dia 5, Vanessa Riche (jornalista e apresentadora do Fox Sports) e Carol Barcellos (jornalista e repórter da TV Globo) abriram o evento com a mesa “Narradoras do espetáculo” (sob mediação de Leda Costa). Além de abordarem as suas relações com o Maracanã, Vanessa e Carol falaram das dificuldades de serem jornalistas em uma editoria na qual ainda há poucas mulheres e lembraram também pontos importantes de suas carreiras, como a cobertura do ônibus 174, realizada por Vanessa, e uma reportagem no Nepal, para o Planeta Extremo, feita por Carol.

No dia seguinte, de tarde, tivemos a mesa “O Maracanã na literatura e na arte”. Luiz Antonio Simas, historiador e autor do livro Maracanã: Uma biografia, Bernardo Buarque de Hollanda, professor da Escola de Ciências Sociais da FGV, e Gisella Moura, mestre em História Social e Cultural pela UFRJ e autora do livro O Rio Corre Para o Maracanã, com a mediação de Alvaro do Cabo, doutor em História Comparada pela UFRJ, abordaram aspectos históricos do estádio, bem como suas representações em livros, músicas, filmes e outros produtos culturais.

Para terminar o segundo dia de evento, à noite, a tabelinha ficou por conta de Edson Mauro (radialista e narrador esportivo da Rádio Globo/CBN) e Luis Roberto (jornalista e narrador da Globo/SporTV). Com mediação de Ronaldo Helal, coordenador do LEME, tivemos uma noite de muitas memórias afetivas do Maracanã, no qual parecia estarmos assistindo a uma mesa redonda de domingo.

Já na quarta (07), último dia do evento, pesquisadores consagrados se reuniram para a mesa “Maracanã: patrimônio cultural e palco de megaeventos”. Vivian Fonseca (historiadora e professora da UERJ e da FGV), diretamente da França, nos contou sobre as intervenções realizadas no estádio, sob o ponto de vista do patrimônio cultural. Arlei Damo (antropólogo e professor da UFRGS) abordou as simbologias presentes na construção dos estádios ao longo da história, com foco na integração com o público, e Antônio Jorge Soares (professor titular da UFRJ) nos brindou com reflexões próprias de um intelectual dos esportes, que também frequenta, desde a infância, o Maracanã. A mesa foi mediada por Filipe Mostaro, doutor em Comunicação pela UERJ e pesquisador do LEME.

Para fechar o Seminário com chave de ouro, às 18h30, Juca Kfouri (escritor, jornalista e autor do Blog do Juca) e Marcelo Barreto (jornalista, editor-chefe e apresentador do Redação SporTV), sob a mediação do professor Ricardo Freitas, vice-diretor da FCS/UERJ e coordenador do Laboratório de Comunicação, Cidade e Consumo (Lacon), conversaram sobre suas experiências nas dependências do estádio enquanto jornalistas e torcedores.

Eventos

Acompanhe os próximos dias de programação do #Maraca70

O Seminário #Maraca70: Mídia, Memória e Patrimônio começou ontem, dia 05/10. Para facilitar a sua vida, disponibilizamos abaixo os cards com a programação de hoje e amanhã, bem como os links para acessar as lives no Youtube. Anota no caderno e marca na agenda! Basta clicar na imagem que você será redirecionado para o Youtube.

Eventos

LEME divulga resumos aprovados para o Seminário #Maraca70

O Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME), seguindo o planejamento inicial, divulga hoje, dia 30 de agosto, a lista de trabalhos aprovados para o Seminário Internacional #Maraca70.

Ao todo 60 pesquisadores irão apresentar seus trabalhos divididos em GT1 – Esporte, cidade e identidades; GT2 – Mídia, esporte e representação e GT3- Estádios, arenas e os modos de torcer. As apresentações dos resumos vão ocorrer nos dias 5 (de 9 às 12h), 6 e 7 de outubro (de 10 às 12h). Os autores terão 10 minutos para realizarem suas explanações, que acontecerão via Meet.

Informamos também que a instituição escolhida para receber a taxa de inscrição é a Associação Meninas e Mulheres do Morro. A escolha foi uma sugestão do laboratório CAC (Comunicação, Arte e Cidade), também do PPGCom/UERJ, que já desenvolveu trabalhos na comunidade da Mangueira com a ONG. Os depósitos devem ser realizados pelos autores diretamente na conta da instituição, conforme instruções enviadas por email.

Caso queiram conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Associação, sugerimos que acessem o Facebook da instituição e esse resumo no site do Criança Esperança.

Eventos

Novos convidados confirmados no Seminário #Maraca70

Edson Mauro, Luis Roberto e Arlei Damo são os mais novos reforços para o Seminário #Maraca70. O evento, que já contava com uma escalação de craques, também anuncia a lista de relacionados para a mediação das mesas: Álvaro do Cabo, Filipe Mostaro, Ronaldo Helal, Leda Costa e Ricardo Freitas.

Grid Convidados (2)
Da esquerda para direita: Edson Mauro, Luis Roberto e Arlei Damo.

No dia 6 de outubro, às 18h30, com a mediação de Ronaldo Helal, teremos na mesa virtual “Os artistas do jogo e o Maracanã” Edson Mauro, um dos narradores titulares da Rádio Globo desde 1988. Ao seu lado, teremos o jornalista e narrador esportivo da Rede Globo, Luis Roberto.

No dia seguinte, às 16h, com mediação de Leda Costa, a mesa “Maracanã: patrimônio cultural e palco de megaeventos”, que já contava com a craque Vivian Fonseca, recebe mais um reforço: Arlei Damo, antropólogo e professor da UFRGS.

Grid Convidados (4)
Filipe Mostaro, Alvaro do Cabo, Leda Costa, Ronaldo Helal e Ricardo Freitas (da esq. para dir., de cima para baixo).

Como foi citado acima, nossa mediação também tem novos confirmados. Para o pontapé inicial na mesa virtual “Narradores do Espetáculo”, contaremos com o pós-doutorando em Comunicação pelo PPGCom/UERJ, Filipe Mostaro. Para mediar a mesa “Maracanã na literatura e na arte”, estaremos com o doutor em História Comparada pelo PPGHC/UFRJ, Álvaro do Cabo. A mediadora Leda Costa, professora visitante da Faculdade de Comunicação Social da UERJ, estará na mesa “Maracanã: patrimônio cultural e palco de megaeventos”. Já o coordenador do LEME (Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte), Ronaldo Helal, atuará na mesa “Os artistas do jogo e o Maracanã”. Para o apito final na Mesa de Encerramento, contaremos com o vice-diretor da Faculdade de Comunicação Social da UERJ, Ricardo Freitas.

Eventos

Seminário Internacional Maraca 70 tem seus primeiros palestrantes confirmados

Gisella de Araújo Moura, Bernardo Buarque de Hollanda, Luiz Antonio Simas, Vivian Fonseca, Juca Kfouri e Marcelo Barreto – é com este timaço que o LEME (Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte), sob a coordenação do professor Ronaldo Helal,  começa a contar para o seu Seminário Internacional Maraca 70.

Design sem nome.png

No dia 6 de outubro, às 16h, sob a mediação de Álvaro do Cabo, teremos na mesa virtual “O Maracanã na literatura e na arte” Gisella de Araújo Moura, professora e autora do livro O rio corre para o Maracanã. Ao seu lado, dois craques: o professor e historiador da FGV, especialista em estudos relacionados aos modos de torcer, Bernardo Buarque de Hollanda, e o também professor Luiz Antonio Simas, autor do livro Maracanã: uma biografia.

No dia seguinte, no mesmo horário, com moderação de Leda Costa, teremos a mesa “Maracanã: patrimônio cultural e palco de megaeventos”, com a escalação confirmada de Vivian Fonseca, professora e pesquisadora plena do CPDOC – FGV e professora adjunta da UERJ.

Já às 18h30 é a chegada a hora da nossa mesa de encerramento. A tabelinha fica por conta do ex-editor da Revista Placar, Juca Kfouri, e do apresentador do Redação Sportv, Marcelo Barreto, sob a mediação do professor Ricardo Freitas, vice-diretor da Faculdade de Comunicação da UERJ.

Para acompanhar toda a nossa programação, siga o @lemeuerj nas redes sociais e se inscreva em nosso canal no Youtube. É por lá que iremos transmitir nosso seminário.

Lembramos que encontram-se abertas, até o dia 31 de julho, as chamadas de resumos expandidos para apresentação no evento. Mais informações na aba Maraca 70 aqui no blog.

 

Eventos

Chamada de trabalhos para o Seminário #maraca70 nos dias 6 e 7 de outubro

Nos dias seis e sete de outubro de 2020, o Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte (LEME) irá comemorar o aniversário de 70 anos de inauguração do Estádio Mário Filho, o Maracanã. Para a ocasião, estamos organizando o IV Seminário Internacional do LEME. Na programação, estão previstas: mesas de debates, com a presença de renomados pesquisadores e jornalistas do âmbito esportivo; palestras de atletas que fizeram história neste que já foi o maior estádio do mundo; e ainda a apresentação de trabalhos de pesquisadores de todo o país.

Receberemos resumos expandidos de trabalhos de graduandos, graduados, mestrandos, mestres, doutorandos e doutores de 11 de março até 31 de maio, divididos nos seguintes eixos temáticos:

GT1- Esporte, cidade e identidades

O esporte desempenha um papel fundamental tanto na construção quanto na afirmação de uma pluralidade de identidades que atuam dentro e fora de fronteiras territoriais. Essa relação com a territorialidade confirma a necessidade de compreensão do esporte como prática que se entrecruza com o espaço urbano, estabelecendo com ele, uma trama de relações e significados que põe em movimento o jogo das identidades em um contexto de tensionamentos entre o local e o global.

Coordenação: Carol Fontenelle

GT2- Mídia, esporte e representação

A mídia, gradualmente, se consolidou como um importante veículo mediador entre os esportes e o público, participando não apenas da circulação, mas também da produção de um vasto imaginário construído em diálogo com uma série de representações presentes dentro e fora do território esportivo. As representações produzidas são um material cuja análise pode nos possibilitar o acesso às tensões e às contradições dos valores e discursos que estão em jogo.

Coordenação: Álvaro do Cabo

GT3 – Estádios, arenas e os modos de torcer

A diversidade dos modos de torcer fomenta variadas possibilidades de construção identitária de torcedores e torcedoras nas arquibancadas. Essa pluralidade faz do ato de torcer um fenômeno complexo, muitas vezes, contraditório e que faz dele um locus de análise das reações, adaptações e resistência às mudanças ocorridas no cenário futebolístico, sobretudo, em diálogo com as transformações geradas pelo intenso processo de mercantilização e midiatização dos eventos esportivos.

Coordenação: Irlan Simões

Os trabalhos devem ter no mínimo 7.000 e no máximo 12.000 caracteres e necessitam estar no template do evento (clique no link para acessar) e devem ser enviados para o e-mail “seminariomaraca70@gmail.com”. Serão aceitos para análise resumos em Português ou Espanhol e que versem sobre um dos GTs. Não será possível o envio de um mesmo resumo ou de resumos diferentes para mais de um GT.

Em julho, iremos divulgar a lista de resumos aprovados e, para garantir a apresentação presencial dos trabalhos, será necessário o pagamento da taxa de inscrição:

Graduando – gratuito;

Graduados – R$ 20,00

Mestrandos, mestres e doutorandos – R$ 40,00

Doutores – R$ 50,00

Não será necessário o envio de trabalhos completos.

Apenas após a divulgação da lista de resumos aceitos, será necessário efetuar o pagamento da inscrição.

Obs.: Não haverá ajuda de custo para a participação presencial do evento.

 

Cronograma

11/03: início da submissão de trabalhos (resumo expandido)

31/05: data-limite para o envio dos resumos expandidos

02/07: resultado das avaliações dos resumos submetidos

04/09: data-limite para o pagamento das inscrições

06 e 07/10: realização do Seminário Internacional #maraca70

 

Programação Preliminar do IV Seminário Internacional #maraca70

1º dia – 06/10

Manhã – 10h às 12h – Visita guiada ao Maracanã (a confirmar)

Tarde – 14 às 17h – Apresentação de trabalhos acadêmicos

Noite – 18h às 20h – Conferência de abertura – “Narradores do Espetáculo”

 

2º dia – 07/10

Manhã – 10h às 12h – Mesa “Os artistas da bola e o Maracanã”

Tarde

14h às 15h30 –Mesa “O Maracanã na literatura e na arte”

16h às 17h30 – Mesa “Maracanã: patrimônio cultural e palco de megaeventos”

Noite – 18h às 20h – Mesa de Encerramento

Em breve, divulgaremos mais informações e a programação completa.

Siga o LEME no Instagram e Facebook (@lemeuerj) para ficar por dentro de tudo que estamos organizando para esse evento e outras informações sobre o laboratório.