Artigos

A breve história de um blog

Há cerca de oito anos nascia o blog Comunicação, Esporte e Cultura.

Em outubro de 2010, ainda um estudante de graduação em Relações Públicas, começava minha trajetória acadêmica com uma bolsa de iniciação científica no projeto coordenado pelo professor Ronaldo Helal – “Meios de Comunicação, Idolatria, Identidade e Cultura Popular”. Antes disso, não nos conhecíamos, pois nunca havia cursado nenhuma disciplina ministrada por ele.  Além das tarefas de pesquisa, Helal tinha a ideia de trazer dinamismo às atividades do grupo “Esporte e Cultura”, cadastrado no CNPq, e torná-lo mais conhecido. Dessa vontade, veio a criação do blog naquele mesmo mês. As inúmeras trocas de e-mails e mensagens para alinhar nossas ideias sobre aquela iniciativa aceleraram também a construção de uma amizade que se consolidaria nos anos seguintes.

Desde então, a missão do blog tem sido levar a comunicação científica para fora dos muros da universidade. A instrução aos autores era divulgar os resultados de suas pesquisas ou comentar assuntos factuais, porém com uma reflexão mais refinada, própria do universo acadêmico. A linguagem deveria ser acessível para que o blog atingisse pessoas fora do círculo universitário. Inicialmente, possuíamos 6 autores fixos – o próprio Helal, eu, Alvaro do Cabo, Carmelo Silva, João Paulo Teixeira e Hugo Lovisolo. Todas as terças-feiras um texto novo entrava no ar, uma dinâmica que continua até hoje.

Zico Ronaldo Toni e Hugo

O “recrutamento” de novos autores foi uma etapa necessária para que o blog conseguisse se manter ao longo desses anos. Todos os novos orientandos de Mestrado e Doutorado de Ronaldo eram convidados a participar do blog e muitos deles efetivamente se tornaram autores por muitos anos. Sem o esforço de cada um deles, o blog com certeza não teria prosperado. O comprometimento de escrever um texto reflexivo a cada 30 ou 45 dias não é tarefa menor para mestrandos e doutorandos assoberbados com suas pesquisas e muitos deles também com seus empregos fora da universidade.

Foi mesmo um trabalho de formiguinha, mas olhando em retrospecto me parece que acertamos. Hoje já são mais de 30 autores que passaram pelo nosso blog, mais de 1.500 inscritos em nossa newsletter e mais de 253 mil visualizações de página. Por mês, recebemos em média 1.500 visitantes únicos e não menos que 3 mil visualizações de página. Em 650 textos até aqui, abordamos os temas mais variados do universo do esporte, sempre buscando um olhar diferente daquele que estamos habituados a acompanhar na imprensa tradicional. Afinal, somos um blog acadêmico em sua origem. Paralelamente, estimulados pelos bons resultados do blog e pelo acolhimento positivo entre os leitores, passamos a postar conteúdo original também no Youtube e no Facebook. E desde 2014 as atividades de pesquisa e extensão do grupo de pesquisa “Esporte e Cultura” estão centralizadas no Laboratório de Estudos em Mídia e Esporte.

Imagem1
Equipe LEME 2018

Muito me orgulha ter participado da gênese desse projeto. Quando recebo e-mails de pessoas interessadas pelas pesquisas do grupo e de jornalistas fechando suas matérias, percebo que a mensagem do blog tem ultrapassado os limites do circuito científico convencional e atingido, como era nosso objetivo inicial, também um público não-universitário. Acho que acertamos.

Longa vida ao nosso querido blog Comunicação, Esporte e Cultura!

Anúncios
Eventos

Mesa de Debate sobre Esporte e Cidade

Tem início segunda-feira (27/11) o Seminário Nacional “Rio de Janeiro: uma cidade em perspectiva”, evento organizado pelo  Prof. Dr. André Nunes de Azevedo (UERJ). O seminário contará com uma mesa intitulada “Cidade e esportes”. Veja aqui o folder de divulgação e abaixo a programação do evento. Local: Sala RAV 94, 9a Andar, UERJ – Maracanã. Dia… Continuar lendo Mesa de Debate sobre Esporte e Cidade

Avalie isto:

Artigos

Os Jogos Olímpicos de 1920: um episódio da rivalidade Rio/São Paulo

“Mais do que em S. Paulo agita-se agora no Rio a questão da nossa participação ou não á grande olympiada que em agosto deste 1920 commemorá a paz, em Antuerpia na Belgica. Essa agitação vem de um convite que recebemos para nos fazer representar nessa grande reunião sportiva e vem também de um facto de… Continuar lendo Os Jogos Olímpicos de 1920: um episódio da rivalidade Rio/São Paulo

Avalie isto:

Artigos · Eventos · Produção bibliográfica

Os outros Jogos

A cada 4 anos, período etimologicamente denominado “olimpíada”, uma cidade antecipadamente escolhida prepara uma enorme estrutura exigida pelo Comitê Olímpico Internacional para sediar os Jogos Olímpicos. São oferecidas a delegações, jornalistas, turistas e autoridades todas as condições para prática e cobertura jornalística das competições das modalidades que fazem parte do programa olímpico. Esses são os… Continuar lendo Os outros Jogos

Avalie isto:

Artigos

Uma breve história dos Jogos Olímpicos

Escrito em parceria com Ronaldo Helal Costumamos evocar os Jogos da Antiguidade Clássica sempre que desejamos referenciar o passado histórico dos Jogos Olímpicos Modernos. Um exercício mais proveitoso seria tentarmos entender primeiro o que era tal evento para os gregos antigos, para, em seguida, debatermos suas continuidades e rupturas com a modernidade. Um relato do… Continuar lendo Uma breve história dos Jogos Olímpicos

Avalie isto:

Artigos

Falando de missas sem ver o padre

No presente post farei o papel de péssimo comentarista esportivo. Falarei de diversos assuntos que estão em pauta sem ter acompanhado detalhadamente os acontecimentos. Tal postura é academicamente absurda, porém acredito que seja muito comum no meio jornalístico e por isso vou aproveitar o presente espaço para apresentar um devaneio crítico confessando de antemão o… Continuar lendo Falando de missas sem ver o padre

Avalie isto: