Artigos

Crise econômica pode barrar contratações de peso para o futebol sul americano*

A chegada de grandes nomes do futebol europeu ao Brasil e à Argentina, como De Rossi no Boca Juniors, Rafinha e Felipe Luís no Flamengo e Dani Alves e Juanfran no São Paulo, encheu de esperança torcedores dos times sul americanos. Mas o pesquisador e doutorando do programa de Pós Graduação em Comunicação da UERJ,… Continuar lendo Crise econômica pode barrar contratações de peso para o futebol sul americano*

Avalie isto:

Artigos

A violência é uma ordem: River, Boca e a cultura de apedrejar*

Por Pablo Alabarces Fotos: Diego Paruelo e Pepe Mateos *Texto originalmente publicado na Revista Anfibia da Universidad Nacional de San Martim – Argentina.  ** Tradução livre de Juan Silvera – LEME/UERJ Não me resta inteligência – já devastada após cinco horas de jornalismo esportivo mainstream e redes sociais ardendo em conspirações – somente para elaborar estas… Continuar lendo A violência é uma ordem: River, Boca e a cultura de apedrejar*

Avalie isto:

Artigos

Las SAD- a ofensiva da empresarização dos clubes de futebol na Argentina

Por: Irlán Simões Defasados economicamente frente ao portentoso e trilhardário futebol europeu, os clubes sulamericanos acostumaram-se a – talvez até aprimoraram-se para – servir de fornecedor de “pés de obra” para o epicentro financeiro do futebol global. Os jogos dos clubes das chamadas Big 5 – Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália – são verdadeiro… Continuar lendo Las SAD- a ofensiva da empresarização dos clubes de futebol na Argentina

Avalie isto:

Artigos

Paulo e Hilda: pela explicação do retorno.

Tin, tin, tin, Gol de Valentin (refrão cantado pelos torcedores de Boca para Paulo Valentim). O tempo está fresco em Belo Horizonte neste último domingo do mês de julho de 2014. Desço para tomar o café da manhã no Hotel e passeio pelas folhas do Estado de Minas. Tem uma boa matéria sobre Hilda Furacão,… Continuar lendo Paulo e Hilda: pela explicação do retorno.

Avalie isto:

Artigos

As duas faces de uma final imperdível

Ano 2000. Estádio do Morumbi. Final de noite do dia 6 de junho, quase dia 7.  Dentro da grande área localizada à direita das cabines de rádio, o camisa 7 do Sport Club Corinthians Paulista, camisa branca, short preto e pés pequenos, volta ao meio de campo, levado pelos companheiros. 11 metros à sua frente,… Continuar lendo As duas faces de uma final imperdível

Avalie isto: