Artigos

A lista

  Reparei que o assunto “transmissões esportivas midiáticas” e “imparcialidade” tem sido recorrente neste espaço. Como a seara em questão, além de envolver vários profissionais, ou seja, o “ganha-pão” de várias famílias, é sempre um assunto espinhoso a se debater. Este autor que vos escreve, inclusive, já escreveu sobre o papel dos críticos, em algumas… Continuar lendo A lista

Avalie isto:

Artigos

O perigo da paixão nas narrativas esportivas

No tempo atual, um elemento que desperta cada vez mais paixões é o esporte. Estas paixões podem tanto se manifestar na prática, cada vez mais difundida, de diferentes modalidades esportivas, como nos discursos elaborados a partir destas atividades (vide a robusta cobertura da imprensa mundial a megaeventos como os Jogos Olímpicos e a Copa do… Continuar lendo O perigo da paixão nas narrativas esportivas

Avalie isto:

Artigos

Para pensar o corpo Paralímpico

O corpo do século XXI não se contenta com os resultados da atividade física e nutrição adequada, o sem número de procedimentos estéticos inventam imperfeições novas à espera da restauração da norma e o apagamento das deformidades (COURTINE, 2011). O novo século vê nascer as patologias da hipernormalidade. Fontes (2006) afirma que sinônimo desse modelo… Continuar lendo Para pensar o corpo Paralímpico

Avalie isto:

Artigos

48 seleções, clientelismo e corrupção: a FIFA continua a desprezar uma paixão mundial

Em 1974, quando assumiu a presidência da FIFA, João Havelange cumpriu a promessa de campanha e expandiu o número de participantes da Copa do Mundo, de 16 até então para 24, a partir do mundial de 1982. Eram tempos de descolonização na África e na Ásia, e os impérios europeus, sobretudo o inglês e o francês,… Continuar lendo 48 seleções, clientelismo e corrupção: a FIFA continua a desprezar uma paixão mundial

Avalie isto:

Artigos

Estigmatizado no passado, consolidado para o futuro: o esporte na Academia segundo Bernardo Buarque de Hollanda

Pesquisadores cujo objeto de estudo, no passado, era o esporte, sobretudo o futebol, enfrentaram críticas e resistências no meio acadêmico. No entanto, o trabalho de vanguarda desenvolvido por sociólogos como Ronaldo Helal e Maurício Murad elevou a um outro patamar, de maior reconhecimento e relevância, os trabalhos sobre o esporte e suas relações com as… Continuar lendo Estigmatizado no passado, consolidado para o futuro: o esporte na Academia segundo Bernardo Buarque de Hollanda

Avalie isto:

Artigos

Os “sem-time” e as “ovelhas negras”

Qual a maior torcida do Brasil? Fãs de futebol cientes de levantamentos feitos anteriormente afirmariam, sem dúvidas, que é a do Flamengo, seguida de perto pela do Corinthians. No entanto, há uma outra “torcida”, oculta e maior que as nações rubro-negra e corinthiana: a dos sem time.   Segundo pesquisa divulgada na semana passada pelo instituto… Continuar lendo Os “sem-time” e as “ovelhas negras”

Avalie isto:

Artigos

A surpresa da Copa de 2014, segundo Bernardo Buarque de Hollanda.

As relações entre política e megaeventos esportivos cada vez mais são permeadas pelo planejamento e controle de narrativas e decisões, tanto pela classe política quanto pelos grandes veículos de comunicação. No entanto, o cientista social e professor da Fundação Getúlio Vargas, Bernardo Buarque de Hollanda, destaca que a Copa do Mundo de 2014, sobretudo, inverteu… Continuar lendo A surpresa da Copa de 2014, segundo Bernardo Buarque de Hollanda.

Avalie isto: