Artigos

Ainda sobre machismo, futebol e jornalismo esportivo

No post passado, Clara Quintaneira falou – e muito bem – sobre o machismo presente no jornalismo esportivo, explicitado no caso da repórter Bruna Dealtry do Esporte Interativo que durante uma entrevista foi beijada – contra sua vontade – por um torcedor do Vasco. Corro o risco de parecer pouco criativa ou repetitiva. Mas acontece… Continuar lendo Ainda sobre machismo, futebol e jornalismo esportivo

Avalie isto:

Artigos

Muralha: a arquitetura de um vilão

Poucos jogadores nos últimos tempos apresentaram uma trajetória de queda tão intensa quanto a do goleiro Alex Roberto, mais conhecido como Muralha. Poucos jogadores nos últimos tempos passaram por um processo de depreciação da imagem tão categórico e quase que irremediável. Convocado para a seleção brasileira no final de 2016, Muralha terminou a temporada de… Continuar lendo Muralha: a arquitetura de um vilão

Avalie isto:

Artigos

Balanço: Seminário Mulheres Esportivas

Se durante muito tempo as propagandas contribuíram imensamente para a manutenção e reforço, recentemente algumas têm investido na quebra de estereótipos relativos ao papel da mulher no universo esportivo. Em um recente comercial de carro, ao som da música “Heroes” de David Bowie, uma menina realiza o sonho de lutar Boxe, seguindo os passos do… Continuar lendo Balanço: Seminário Mulheres Esportivas

Avalie isto:

Artigos

Como narrar os esportes? Os desafios do jornalismo esportivo

Nos dias 07 e 08 de dezembro o II Seminário Internacional LEME – Jogos Olímpicos, Mídia e Cultura reuniu pesquisadores e jornalistas para a promoção de um debate acerca dos impactos dos megaeventos realizados no Brasil. Embora diversos temas tenham sido abordados pelos palestrantes, um particularmente me chamou atenção: a necessidade de renovação das narrativas… Continuar lendo Como narrar os esportes? Os desafios do jornalismo esportivo

Avalie isto:

Artigos

A carnavalização, o grotesco e o erótico: as capas e manchetes do Meia Hora para os Jogos Olímpicos 2016

Competições como os Jogos Olímpicos são momentos de farta atenção da cobertura midiática. Heróis, dramas de superação, feitos históricos são narrados de modo grandiloquente tanto nas transmissões televisivas quanto nas páginas de jornal. Há bastante material a ser analisado a respeito da cobertura da imprensa dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Um dos mais… Continuar lendo A carnavalização, o grotesco e o erótico: as capas e manchetes do Meia Hora para os Jogos Olímpicos 2016

Avalie isto:

Artigos

O épico, o trágico e o espetáculo, no “adeus” de Messi

Em 113 jogos pela Argentina, Messi fez 55 gols [1], o que pode ser considerada uma excelente média, sobretudo considerando que o jogador ainda teria uma longa trajetória futura na seleção do país onde nasceu. Digo teria, porque após a derrota da Argentina para o Chile, na final da Copa América Centenário, Messi afirmou que… Continuar lendo O épico, o trágico e o espetáculo, no “adeus” de Messi

Avalie isto:

Artigos

Contracultura torcedora e o “Não ao futebol moderno”

Nos últimos meses têm chamado atenção algumas manifestações de insatisfação com o que se acredita ser um monopólio exercido pela televisão, especialmente a Rede Globo, sobre o futebol. Cartazes e gritos com ofensas a essa emissora podem ser vistos e ouvidos quando se vai a um estádio ou podem ser conhecidos por intermédio de vídeos… Continuar lendo Contracultura torcedora e o “Não ao futebol moderno”

Avalie isto: