Artigos

Razoabilidade permanente ou mais do mesmo

Nas últimas semanas, em meio a débil empolgação de muitos jornalistas e alguns acadêmicos com a proximidade da Copa do Mundo de 2014, duas notícias que vem sendo veiculadas nos meios de comunicação parecem alentadoras para os caminhos futuros do futebol e do desporto nacional.             O próprio cronista/craque Afonsinho, ícone da luta dos direitos… Continuar lendo Razoabilidade permanente ou mais do mesmo

Avalie isto:

Artigos

Falando de missas sem ver o padre

No presente post farei o papel de péssimo comentarista esportivo. Falarei de diversos assuntos que estão em pauta sem ter acompanhado detalhadamente os acontecimentos. Tal postura é academicamente absurda, porém acredito que seja muito comum no meio jornalístico e por isso vou aproveitar o presente espaço para apresentar um devaneio crítico confessando de antemão o… Continuar lendo Falando de missas sem ver o padre

Avalie isto:

Artigos

O Maraca não é mais do Célio, do Júlio, do Arthur e muito menos do Silva

O debate em torno da reabertura do Maracanã, outrora templo do futebol mundial, ganha aos poucos contornos políticos na imprensa nacional. Uma parte dos jornalistas engajados como Juca Kfouri, José Trajano, Lúcio de Castro e outros de uma rede de canal fechado atacam veementemente a “pasteurização”, termo muito bem empregado por Kfouri em mesa esportiva… Continuar lendo O Maraca não é mais do Célio, do Júlio, do Arthur e muito menos do Silva

Avalie isto:

Artigos

A “Ginga” em debate

No final do mês passado tive o prazer de comparecer no III Seminário Internacional do NEPESS para apresentar uma análise, que estou desenvolvendo junto com Ronaldo Helal, sobre o filme “Ginga, a alma nacional” em uma das mesas temáticas coordenadas pelo gentil colega André Couto. O documentário produzido por Fernando Meireles é um clássico exemplo… Continuar lendo A “Ginga” em debate

Avalie isto:

Artigos

Crônica de uma noite entre estrelas cadentes e decadentes uruguaias

No período de recesso do futebol sul-americano, é comum a propagação de partidas de final de ano com verdadeiras “peladas” entre veteranos, ex-atletas em atividade, e alguns profissionais que não conseguem ficar longe da bola nem no seu período de descanso. No Brasil, a movimentação é intensa, ocorrendo desde a famosa peleja organizada por Zico… Continuar lendo Crônica de uma noite entre estrelas cadentes e decadentes uruguaias

Avalie isto:

Artigos

Para quem ainda gosta da amarelinha, a milésima desceu quadrado

Semana passada a seleção brasileira de futebol completou sua milésima partida  em disputa acirrada com a boa seleção colombiana realizada nos Estados Unidos. A famosa trajetória de glórias, conquistas e decepções como a trágica derrota na final de 1950 para os uruguaios teria se iniciado com um amistoso no longínquo 21 de julho de 1914 … Continuar lendo Para quem ainda gosta da amarelinha, a milésima desceu quadrado

Avalie isto:

Artigos

Mitos do ofício – A chatice do acadêmico e objetividade do jornalista

A ideia do presente post surgiu em uma discussão com dois amigos jornalistas que trabalham em importantes canais esportivos da TV fechada, que aconteceu informalmente em uma reunião na casa do “sábio do sofá”, alguns meses atrás. Após algumas garrafas de vinho, o assunto passou a ser a qualidade do conteúdo das reportagens cotidianas dos… Continuar lendo Mitos do ofício – A chatice do acadêmico e objetividade do jornalista

Avalie isto:

Artigos

Patos x Logos – Impressões iniciais de uma memorável disputa olímpica

Com o início dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, qualquer brasileiro/carioca amante desta loucura chamada esporte e que tenha consciência política viverá um dilema existencialista: viver incondicionalmente a paixão real e inefável com a magia do espetáculo e das magníficas histórias humanas ou exercer a visão racional do porvir superfaturado e do legado incerto que… Continuar lendo Patos x Logos – Impressões iniciais de uma memorável disputa olímpica

Avalie isto:

Artigos

Patricinha Pandora, a Vênus pandémia e o trabalhador Baco Gaúcho.

Após dias com diversos eventos nos gramados mundiais, Eurocopa, Brasileirão, eliminatórias na América do Sul e as expectativas para as semifinais da Libertadores e da Copa do Brasil, confesso que hesitei em retornar a temática Ronaldinho Gaúcho já abordada neste espaço e pensei em partir para outro assunto. Porém, a certeza de trazer um outro… Continuar lendo Patricinha Pandora, a Vênus pandémia e o trabalhador Baco Gaúcho.

Avalie isto:

Artigos

“Homo Ludens” ou a busca da competição na midiatização da Travessia dos Fortes?

Minha participação na última edição da Travessia dos Fortes me levou a reflexões sobre as transformações ocorridas no evento ao longo dos últimos anos e a possível influência da mídia no comportamento dos participantes em competições que reúnem um pequeno número de atletas (grupo de elite) e inúmeros amadores praticantes do esporte. A prova, que… Continuar lendo “Homo Ludens” ou a busca da competição na midiatização da Travessia dos Fortes?

Avalie isto: